(45) 3055-4753 (WhatsApp Comercial) / 99973-1768

ETAPAS DO PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

O processo de recrutamento e seleção é um velho conhecido da rotina do RH. O desafio de atrair, avaliar e conquistar novos talentos para as vagas que surgem na organização não é de hoje, contudo, a forma com que a área vem enfrentando – e superando – essa exigência tem evoluído a cada dia, se tornando extremamente estratégica e significativa para qualquer negócio.

 

Abaixo, conheça quatro fases para otimizar essa atividade:

 

DIVULGAÇÃO E CAPTAÇÃO

Para a divulgação da vaga e, assim, a captação dos currículos, deve-se saber qual é o perfil ideal e as competências necessárias para a função. Para uma definição de perfil ideal, o mais assertivo é se basear em características de profissionais que já ocupam e têm alta performance na posição. Quando o assunto é captar o talento, facilidade e boa experiência não podem faltar. Nesse sentido, formulários gigantescos e de difícil preenchimento não são bem-vindos.

 

TRIAGEM

Essa é uma fase que pode ser bem complexa, principalmente quando existe uma grande quantidade de candidatos. Para conseguir dar vazão a esse volume, um dos métodos são utilizados.

Primeiro, a entrevista por vídeo, que acontece de forma gravada, com o candidato estando em qualquer lugar. O cuidado que se deve ter, são com as perguntas que devem ser similares às de uma entrevista presencial, uma vez que o objetivo de ambas é o mesmo: conhecer o candidato e ver como ele se porta.

Outra tecnologia que tem se mostrado aderente nessa etapa é a gamificação. No recrutamento, com games, é possível, principalmente, avaliar aderência à cultura e ao perfil comportamental. Além disso, é possível extrair um resultado que já aponta pontos fortes e a desenvolver do candidato. Ajuda bastante na fase de triagem, pois sua aplicação é on-line e independe de deslocamento ou agenda.

Apesar de ser um método antigo a indicação continua sendo considerável no processo de seleção. Contratações provindas de recomendações internas, ainda se mostram mais rápidas e com mais qualidade.

 

SELEÇÃO

Conhecida também pela sigla ATS (Applicant Tracking System) a gestão do recrutamento e seleção é onerosa e relevante para as organizações, por envolver diversas áreas, profissionais e processos. Portanto, aquelas que tiverem a maioria de seus sistemas e procedimentos integrados terão menos custos e mais assertividade a cada nova contratação.

Nesse momento, a gestão do capital humano (HCM) também contribui com o processo, uma vez que avalia e traz uma visão completa do colaborador, em todas as fases do seu ciclo de vida, inclusive na contratação ou até mesmo na sucessão, em casos de recrutamento interno.

 

ADMISSÃO

Por fim, chegamos na etapa em que se admite o novo profissional. A integração é considerada a última fase do recrutamento, pois identificados durante todo o processo devem ser trabalhados e desenvolvidos aqui. Além disso, é a hora do novo profissional conhecer mais profundamente as políticas e práticas organizacionais.

 

Assim, é possível trazer à organização o talento ideal para suprir determinadas necessidades. O objetivo fim do RH, nesse ponto, é entregar um funcionário com alta performance à área contratante, conquistado pela eficiência do processo de recrutamento e seleção.

 

Fonte: https://www.lg.com.br/blog/etapas-processo-recrutamento-e-selecao/

 

Deixe um Comentário

Top